Laboratório

NOÇÕES GERAIS SOBRE ANÁTOMO-PATOLOGIA E CITOPATOLOGIA Profª Ijaneide Araújo

1-INTRODUÇÃO:

É importante para o técnico de laboratório ter um conhecimento geral de todas as amostras biológicas recebidas pelo laboratório entre elas o material anátomo-patológico e o citopatológico.

As biopsias correspondem a fragmentos de pequenas dimensões, únicos ou múltiplos, em geral com forma irregular e sem aspecto macroscópico característico. Estão incluídas nesta categoria as biopsias endoscópicas do tracto gastrointestinal, biopsias transbrônquicas, biopsias vesicais randomizadas, produtos de resseção transuretral da bexiga ou próstata, biopsias por agulha grossa (“core biopsy”) da mama, próstata, fígado, rim e outros órgãos em que este tipo de exame possa ser realizado, “punch” de pele, biopsias do colo uterino, produtos de curetagem do endométrio (exceto nos casos de produto de abortamento), entre outros. É importante identificar o frasco com o nome e a idade do paciente, o nome do médico que solicita o exame e o tipo de material. Caso o laboratório não realize as análises patológicas ou citopatológicas, deve-se encaminhar a biopsia para outro laboratório credenciado, o mais rápido possível.

 Peças cirúrgicas: são consideradas peças cirúrgicas as resseções parciais ou totais de órgãos, neoplasias de grandes dimensões e produtos de amputação de membros.

Laboratórios de grande porte, sob autorização jurídica, ou em Institutos de Medicina Legal (laboratório) o técnico de laboratório pode receber material colhido no decurso de exame de necrópsia (fragmentos de tecido ou colheitas citológicas) para processamento e realização de relatórios anátomo-patológicos. Para tal é essencial o envio dos dados clínicos. Todos os procedimentos previamente citados podem ser utilizados em material de autópsia/necrópsia.

A qualidade de um exame anátomo-patológico e citopatológico dependem da boa execução de três fases: pré-analítica, analítica e pós-analítica. A fase pré-analítica tem início antes da chegada do material ao laboratório e a participação de todos os profissionais envolvidos é muito importante para que o diagnóstico final seja feito com o maior rigor possível e possa proporcionar um tratamento adequado ao paciente, caso este, encontre-se em estado patológico.

1-      Fase Pré-analítica: Identificação correta da amostra, preenchimento correto da requisição, colheita e fixação adequada do material são os itens fundamentais.

2-      Fase Analítica: é a análise laboratorial do material e esta fase, é realizada por profissionais especializados em patologia, ou seja, médico patologista e analista clínico com curso de especialização em citopatologia.

3-      Fase Pós-analítica: é o resultado laboratorial do material analisado nas mãos do médico ginecologista ou oncologista.

É importante lembrar que ao receber as amostras, o laboratório necessita de algumas informações do paciente, seja este material em lâmina ou frascos – para citologia ou frascos contendo material biológico para análise patológica. É importante identificar as lâminas ou frascos (em caso de citologia de líquidos ou em meio-líquido) que contêm a amostra com os seguintes dados: identificar o frasco que contém a amostra e a requisição com o nome e a idade do paciente, o nome do médico que solicitou o exame e a data da colheita. Ainda na requisição deverá constar o local para onde se deve enviar o relatório final. Com as informações necessárias devidamente preenchidas poderemos fazer a diferenciação de pacientes com nomes iguais e gerar registros informáticos completos e corretos. A informação clínica é muitas vezes fundamental para o diagnóstico. Informações clínicas relativas à idade e gênero do paciente, a topografia de lesão, o diagnóstico clínico no pré e no pós-operatório, exames e lesões prévias (especialmente lesões malignas), resultados de tratamentos ou exames complementares, são extremamente úteis para um diagnóstico anátomo-patológico preciso.

2-CITOPATOLOGIA

Citologia é a ciência biológica que estuda a célula desde a morfologia até o seu completo desenvolvimento no organismo, acompanhado do processo de citólise.

O termo Citologia também é usado como “Técnica laboratorial de estudo microscópico que analisa células coletadas de diversos órgãos para investigar a presença de doenças, principalmente as várias formas de neoplasia maligna”.  Seu uso mais comum é no tratamento das lesões do colo uterino, conhecidas como Papanicolau.

* TERMOS FREQÜENTES: 

  • CITÓLISE é o processo de dissolução ou destruição citoplasmática de células no organismo.
  • NEOPLASIA produção de tecido diferente do normal em determinado órgão; tumor maligno; neoformação patológica.

Os estudos de Papanicolaou, iniciados em 1923, possibilitaram a padronização de uma metodologia que, utilizando esfregaços citológicos vaginais, permitia o diagnóstico do câncer pelo reconhecimento ao nível de células isoladas, com as mesmas características de malignidade observadas nas células dos cortes de tecido. A ampla aceitação do método colpocitológico, graças aos seus resultados positivos, fez com que a mesma metodologia fosse aplicada a quase todas as regiões anatômicas do corpo humano, incluindo a boca (Marcucci & Araújo 1980).

A realização do exame citopatológico tem sido reconhecida mundialmente como uma estratégia segura e eficiente para a detecção precoce da maioria dos casos de câncer do colo do útero. Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, chega-se a reduzir em 80% os casos de câncer do colo uterino quando o diagnóstico é realizado dentro dos padrões de qualidade.

“CURSOS 24 HORAS” A oportunidade de adquirir novos conhecimentos.

Visite o banner neste blog.

4 pensamentos sobre “NOÇÕES GERAIS SOBRE ANÁTOMO-PATOLOGIA E CITOPATOLOGIA Profª Ijaneide Araújo

  1. e muito bom os textos da prof Ijaneide faz com que eu mi enterose mais o ultimo assunto foi muito interessante eu aprendi um pouco mais sobre a realização dos exame de anotamo_patologia e citopalogia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s